Em frente

aqA gente tem uma fixação no acerto e na confirmação do acerto das coisas, como se houvesse um abismo que dividisse o mundo em dois lados: o certo e o errado. E geralmente ficamos muito satisfeitos quando somos reconhecidos pelo acerto, mas nem tanto pelo erro.

Mas essa é uma conclusão muito apressada. Porque pensamos que sabemos algo sobre nosso passado e nossa história e acabamos projetando isso na tela do certo e do errado. Geralmente “certo” é quando alguma coisa acontece como gostaríamos que fosse, e “errado” quando ocorre o contrário. Ou quando os outros fazem um julgamento parecido com esse, ou ainda de acordo com a opinião da maioria ao nosso redor.

Será que foi certo ou errado os dinossauros terem sido extintos da Terra? Para mim, responder isso é tão relevante quanto filosofar sobre o bem e o mal das escolhas que fiz em minha vida. Ha ha ha, eu me lembro uma vez que estava na dúvida entre ir para a direita ou para a esquerda, e alguém me disse: tranquilo, depois que virar a bifurcação simplesmente não haverá mais caminho certo ou errado, apenas o caminho em que você estará andando.

É isso ai, e se o caminho não chegar onde queríamos, a gente… tenta de novo. Ou então simplesmente aproveita o lugar inesperado para esquecer um pouco do passado e parar de querer controlar o futuro. Às vezes, parar no meio da estrada em nenhum lugar e comer uma maçã faz bem. Sem pressa de chegar. A bota segue em frente.

Vai dar tudo certo, porque se não der, ainda assim está certo também.

Gustavo Mokusen.

???????????????????????????????

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s