Além do bem e do mal

des

“… Nossas mentes rechaçam a idéia do nascimento de uma coisa
que pode nascer de uma contrária, por exemplo: a verdade do
erro; a vontade do verdadeiro da vontade do erro; o ato
desinteressado do egoísmo ou a contemplação pura do sábio da
cobiça. Tal origem parece impossível: pensar nisso parece
próprio de loucos. As realidades mais sublimes devem ter outra
origem que lhes seja peculiar. Não pode ser sua mãe esse
mundo efêmero, falaz, ilusório e miserável, esta emaranhada
cadeia de ilusões, desejos e frustrações. No seio do ser, no qual
não morrerá nunca, num deus oculto, na “coisa em si” é onde
deve se abrigar seu princípio, ali e em nenhuma outra parte.

Este é o preconceito característico dos metafísicos de todos os
tempos, este gênero de apreciação se encontra na base de todos
seus procedimentos lógicos. A partir desta “crença” esforçam-se
em alcançar um “saber”, criam a coisa que, afinal, será
pomposamente batizada com o nome de “verdade”. A crença
medular dos metafísicos é a crença na antinomia dos valores.
Nem aos mais avisados dentre eles ocorreram dúvidas desde o
início, quando teria sido mais necessário. Entretanto, deve-se
duvidar, imediatamente, da existência de antinomias; depois
dever-se-ia perguntar se as valorações e as oposições de valores
usuais às quais os metafísicos apuseram seu sinete, não são
apenas valorações superficiais, perspectivas momentâneas,
tomadas a partir de um ângulo determinado, perspectivas de
peixe, no faizão dos pintores. Qualquer que seja o valor que
concedamos ao verdadeiro, à veracidade, ao desinteresse,
poderia acontecer que nos víssemos obrigados a atribuir à
aparência, à vontade da ilusão, ao egoísmo e à cobiça, um valor
superior e mais essencial à vida; poder-se-ia chegar a supor
inclusive que as coisas boas têm um valor pela forma insidiosa
em que estão emaranhadas e talvez até cheguem a ser idênticas
em essência às coisas más que parecem suas contrárias.”

Frederich Nietzsche em “Além do bem e do mal”.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s