Poesia e Música

Para não esquecer da poesia e também dar uma descontraída, nesses dias de movimentos tão importantes e sérios em nosso país…

Gustavo Mokusen.

 

INEFÁVEL

E a vida ficando cada dia mais poética

Numa poesia sem palavra, uma coisa de vibração

E eu, saturada com a poesia, ainda tento usar palavras

Que nunca são suficientes

A experiência é inexplicável, intransferível

Então eu fico louca e mais uma vez escrevo

Escrevo e volto a realidade

Mas de qual realidade estamos falando?

Agora eu entendo

O que achava que é loucura, não é

É só uma impossibilidade de tradução

                                                                                              Paula SM

 

Anúncios

3 opiniões sobre “Poesia e Música”

  1. POESIA RESSOA POESIA…

    BEIRADA

    o decalque da palavra expõe
    ainda a beirada da epifania
    que vaza para fora do poema.

    O poeta ainda insiste
    à procura de um diamante
    que brilhe pelo que sente

    mas nada encerra
    o sentimento que vem
    lhe pedir ouvidos e asas

    o poema é metade da beleza
    para fora da palavra.

    Haroldo Leão

    Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s