A ferrugem nunca dorme

luz

Como podem ver, nosso site sofreu algumas mudanças estéticas, gráficas e visuais. Foi repaginado. Nos próximos dias as mudanças continuam, vamos ajustando aos poucos. Espero que gostem.

Mas também o conteúdo sofreu mudanças, pois só a embalagem não valida o que tem dentro. Lembro de Thomas Merton, um monge trapista que dá o testemunho de que certa vez, quando era criança, estava na estação do trem e ganhou um chocolate de presente. Começou a abri-lo, mas ficou extremamente impressionado com a embalagem, suas cores, o acabamento, os desenhos, as letras… E por alguns instantes esqueceu-se de comer o doce. Esse fato o impressionou fortemente, mais tarde escreveu um artigo sobre como somos atraídos pela superfície e nos desviamos do essencial.

Quero dizer que ampliamos nosso foco. Como podem ler no menu “sobre ALD” – e, aliás, todos os outros também sofreram modificação:

Um site dedicado ao autoconhecimento, filosofia, pensamento oriental, zen budismo e temas atuais ligados ao desenvolvimento de uma percepção mais desperta, crítica e atuante.

Vamos conversar, discutir, falar. Vamos compreender mais. Vamos despertar mais. Não é mais possível ficar omisso, calado, quieto em plena era da informação, da transformação. É necessário se manifestar, se posicionar. Por quê? Pois “basta que as boas intenções sejam omitidas para que as más intenções triunfem”.

A ferrugem nunca dorme. Todos os homens dormem, mas quantos realmente despertam quando acordam de manhã?

Gustavo Mokusen.

SESSHIN CARNAVAL 2009 059

Anúncios

2 opiniões sobre “A ferrugem nunca dorme”

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s