O Mundo não acabou. Mas pode.

Por Eduardo Mendes*

 du

Se não acabou, ainda temos tempo para refletir sobre a vida, resolver as pendências existentes, os amores mal resolvidos, pagar as contas que ainda não pagamos. Talvez tentar mais uma vez fazer tudo aquilo que não deu certo. Repetir. Tentar novamente. Continuar seguindo a vida, como ela é.

Ou talvez, ao invés de continuar, podemos acabar com tudo. Podemos mudar.  Criar uma nova história, com novos personagens, novos conceitos.  Quebrar paradigmas, criar novos.  Nascer de novo.  Podemos inventar o que quiser.  Criar, experimentar, inovar.  Podemos tudo.  Podemos nos permitir.

Morremos e nascemos a cada mudança radical em nosso interior. Mas a cada renascimento, podemos trazer as experiências já adquiridas, o amadurecimento.  E assim, trazer segurança, confiança e certeza ao que virá.

Cabe a cada um, nesse momento de reflexão, escolher o que melhor existe para começar mais um ano de vida. Em vez de luta, mais harmonia.  Em vez de correr atrás, simplesmente andar… na frente.  Perceber o próximo, sempre.  Respeitar, amar.   Se conhecer.

Que 2013 seja para o mundo, um ano repleto de mudanças, renovação, renascimento e de Paz.

* Fotógrafo e Designer Gráfico

Anúncios

Uma opinião sobre “O Mundo não acabou. Mas pode.”

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s