Versos (e vídeo) para a impermanência

Eis que vejo tudo se transformando,
Como bruma na espuma do mar.

Os sonhos, de tanto que sonhei,
Também em realidade se transformaram.

Tudo o que foi feito será desfeito.
Tal é o hino da vasta existência,
Entoado em todas as partes,
Recitado pelo verso do Universo:

– Permanente lei da impermanência.

Votos de Luz,

Gustavo Mokusen.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s