Lidando com a ansiedade

“Faço terapia há 10 anos. Desde sempre sou uma pessoa muito ansiosa e perfeccionista. Me cobro muito e me desdobro para agradar os outros. Sofro por antecedência. Tenho medo de não dar conta quando é para resolver coisas pessoais. Para os outros eu sou forte. (…) Fortaleci meus pontos fracos, mas não os consigo vencer totalmente. Minha mente me domina, me adoece. Sou minha pior inimiga.”

A.R. – Leitora do ALD.

(Esta mensagem foi publicada com autorização da leitora. O ALD garante aos usuários a privacidade das informações pessoais repassadas nos emails, bem como o caráter anônimo e confidencial dos dados privados.)

Inicialmente gostaria de agradecer à A.R. por compartilhar conosco suas experiências. Acredito que o quadro descrito por ela seja cada vez mais freqüente nesses tempos de pressa, sobrecarga e busca frenética por resultados. A ansiedade se tornou hoje um problema comum de milhões de pessoas.

A primeira providência que costumo sugerir em minhas sessões de Coaching para aqueles que trazem esse histórico é a mudança de foco. Comece a mudar o seu padrão mental, porque a questão da ansiedade é uma questão muito ligada a dois fatores: organização e prioridades.

Comece a alterar sua linguagem. Não diga aos outros e nem a você mesma que é ansiosa. Diga “estou tranquilamente ansiosa nesse momento”. Mesmo que pareça que isso não irá fazer diferença, lhe garanto o contrário. Primeiro sua imagem externa começará a mudar, e isso ajuda caso exista alguém tirando proveito da sua ansiedade para obter vantagens secundárias com sua fraqueza. Depois, um ponto de luz e força começará a crescer em você através das suas afirmações positivas.

A seguir, é hora de se organizar. Comece a focar em suas prioridades, porque a ansiedade é basicamente uma preocupação com algum fazer, e geralmente esse fazer encontra-se anuviado. Entenda que podemos criar, planejar e executar com mais maestria nossas atividades, mas isso requer organização de pensamento e ação. Quanto mais organização, menos preocupação desnecessária porque simplesmente sabemos que damos conta do recado. Quando a ansiedade tiver relação com o medo de não ter controle em alguma situação, lembre-se do lado bom de não ter controle, pois podemos contar com a sinergia do Universo. Fazemos a nossa parte, mas há uma parte em tudo que não depende somente de nós. Aprenda a confiar nisso.

Torne-se sua melhor amiga. Não brigue com seus pontos fracos, e nem seja totalmente conivente com eles. Comece a respeitá-los como indicadores que te alertam e ajudam em situações críticas. Você não precisa se tornar inimiga de si mesma. Consiga seu equilíbrio respeitando suas fraquezas.

Finalmente, amplie seu foco. Pense pra fora dos seus limites pessoais, lembre-se que na Terra há mais quase 7 bilhões de pessoas que estão vivas neste momento, cada uma com suas dificuldades e habilidades, igualzinho a você. Todos nós queremos realizar coisas incríveis, todos nós estamos buscando um sentido para a vida. Algumas coisas você irá alcançar nessa vida, outras não, e isso absolutamente não quer dizer que você precisa sofrer ou ser infeliz por causa disso. Quando ampliamos o foco desta maneira, teremos uma percepção diferente das nossas próprias dificuldades.

É claro que essas são linhas gerais, mas espero que o que disse aqui possa ser útil para você e outros que estão aprendendo a lidar com a ansiedade.

A propósito, essa bela imagem da Terra é a foto mais recente e de maior resolução do nosso planeta tirada pela NASA e publicada em janeiro deste ano. A nossa bola azul desliza na imensidão do Universo em perfeita tranquilidade, sem agitação ou qualquer inquietação. É nessa base que estamos vivendo agora, lembre-se sempre disso quando ampliar seu foco para dissolver a sua tranquila ansiedade.

Votos de luz,

Gustavo Mokusen.

Anúncios

4 opiniões sobre “Lidando com a ansiedade”

  1. “A nossa bola azul desliza na imensidão do Universo em perfeita tranquilidade”. Isso me ajuda imensamente =) Namaste.

    Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s